Calvície

A cirurgia da calvície é a cirurgia estética mais realizada no homem. Embora a perda de cabelo não origine nenhum défice funcional pode provocar um enorme impacto psicológico.

Cerca de 5 h
Desde 4000€
Preço de referência da cirurgia de Calvície
Anestesia local
Retoma de actividades entre 2 a 5 dias
Efeitos Secundários:

Riscos:

Mínimos

Duração dos resultados:

Permanente.

Internamento:

Não necessita

Tem dúvidas em relação aos tratamentos? Quer esclarecer algum aspecto sobre os procedimentos envolvidos?

Não hesite em contactar a nossa equipa para esclarecer qualquer questão.

Contacte-nos

As causas da queda do cabelo

As causas de queda anormal de cabelo são numerosas. No entanto, a calvície masculina é causada primariamente por uma combinação de envelhecimento, alterações hormonais e uma história familiar de calvície.

A alopécia masculina está sob dependência genética e hormonal. Não se desenvolve a não ser após a puberdade e não existe nos eunucos. Os antecedentes familiares estão presentes em 80% dos casos no pai ou na mãe e eles podem ter um valor prognóstico. O folículo piloso está geneticamente programado para se tornar receptivo às influências das hormonas masculinas (androgéneos) em certas idades, mais ou menos precoces.

O processo inicia-se habitualmente entre os 12 e os 40 anos. Quanto mais precoce é o início mais importante se espera que seja a gravidade. A queda do cabelo pode preceder em vários anos o aclaramento. No homem a causa número um da calvície está ligada à seborreia. O stress pode acentuar a seborreia e a queda de cabelo.

Outras causas de queda de cabelo são as provocadas por doenças de pele, pelos medicamentos, queimaduras e agressões externas, as calvícies cosméticas, mais frequentes nas mulheres – após brushings vigorosos, após frisar ou desfrisar ou devido à tracção das tranças.

A frequência da calvície masculina aumenta com a idade, é de 25% aos 25 anos, de 30% aos 30 anos e de 50% aos 50 anos. No entanto, existe em quase toda a população um empobrecimento progressivo da cabeleira com a idade, com uma diminuição em densidade e espessura dos cabelos, resultando num aumento do número de calvos, estimados em 80% após os 70 ou 80 anos.

Parar a queda do cabelo

A resposta é difícil e ambígua. Não existe actualmente nenhum tratamento milagroso que se possa vangloriar de impedir a queda do cabelo a longo prazo; alguns podem quanto muito, estabilizar ou atrasar a queda de cabelo.

Ler mais

Os resultados

Apesar dos progressos dos tratamentos médicos actuais que permitem normalizar transitoriamente a queda de cabelo, os únicos resultados visíveis e duráveis são os obtidos pela cirurgia. Os resultados cada vez melhores que se obtêm com a cirurgia da calvície, aumentam a confiança dos doentes, explicando porque é actualmente a operação de cirurgia estética que com maior frequência se pratica no homem. Se a dois homens calvos, em iguais condições, for realizado a um uma correcção cirúrgica das rugas e ao outro enxertos de cabelo, parecerá mais jovem este último, pois a calvície associa-se fisicamente à velhice.

Os enxertos “pegam” sempre ?

Sim, mas existem sempre imponderáveis ligados essencialmente ao estado circulatório do couro cabeludo, que varia de uma pessoa para outra.

Que acontece aos enxertos com o passar dos anos?

Os cabelos dos enxertos persistem e renovam-se durante toda a vida da pessoa operada. Isto porque a colheita se faz a nível da região poupada pela calvice.

Onde é realizada?

A cirurgia da calvície é geralmente realizada num bloco de cirurgia de ambulatório, na Clinica Atlanta. Raramente requer internamento hospitalar.

Ligar
Marcar consulta