Preenchimentos

Além dos lábios estes produtos “preenchedores” dérmicos ou "fillers", são também usados para preencher defeitos nos tecidos moles, normalmente rugas, dobras e depressões naturais ou produzidas por cicatrizes na face, sequelas de acne, e correção ou aumento dos contornos faciais ou corporais.

15 a 20 minutos
Sob consulta
Tópica ou locorregional
1 a 2 dias
Efeitos Secundários:

Inchaço, vermelhidão, nódoas negras e desconforto temporários.

Riscos:

Reações alérgicas ou infeções excpecionalmente. Resultado estético insatisfatório

Duração dos resultados:

De 6 a 12 meses dependendo do local

Internamento:

Não é necessário

Tem dúvidas em relação aos tratamentos? Quer esclarecer algum aspecto sobre os procedimentos envolvidos?

Não hesite em contactar a nossa equipa para esclarecer qualquer questão.

Contacte-nos

Há muitos produtos no mercado. A distinção mais importante é entre fillers não-permanentes, que desaparecem espontaneamente depois de um determinado tempo, e fillers permanentes, que permanecem para sempre incorporados nos tecidos. A maioria dos fillers não-permanentes são seguros, mas é aconselhável usar preenchimentos que são mais frequentemente usados, como a hidroxiapatite de cálcio e o ácido hialurônico. Procure saber qual o produto que seu médico vai usar.

O ácido hialurónico é o produto mais usado, com diferentes marcas – (Restylane,Perlane, Juvederme, Glytone, etc.).As diferentes marcas têm muitas semelhanças, a diferença primária é na sua consistência: alguns são géis viscoelásticos o que os torna melhores para o tratamento de rugas profundas do que superficiais, onde podem ficar visíveis e palpáveis sob a pele. Outros por outro lado são melhores para o tratamento de rugas superficiais e aumento dos lábios.

Uma das maiores vantagens do ácido hialurónico é o facto de ser idêntico em todos os organismos vivos, tornando-o altamente biocompatível. Por isso nenhum teste cutâneo é necessário. Este produto embora faça parte da pele humana é modificado sintéticamente.

Os fillers são injetados diretamente na área a ser tratada, muitas vezes após a aplicação de um creme anestésico tópico. O efeito é imediato e dura entre cerca de 1 ano, dependendo do tipo de produto e da área tratada.

Riscos

Há um consenso generalizado que, embora possam parecer atraentes, fillers permanentes não estão a ser recomendados porque eles às vezes induzem reações adversas que são muito difíceis, se não totalmente impossíveis de tratar sem cirurgia.

Alguns dos efeitos indesejáveis incluem inchaço transitório (principalmente quando usado nos lábios), vermelhidão, hipersensibilidade e equimoses. Aplicação de frio após o tratamento pode minimizar esses efeitos colaterais.

Para todos os fillers, os riscos incluem irregularidades ou nódulos, sobre- ou sub-correcção, assimetria e infecção. Protuberâncias permanentemente visíveis ou reações alérgicas podem resultar de preenchimentos com alguns fillers permanentes.

Ligar
Marcar consulta